Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Comunicação > Notícias - InforMMA
Início do conteúdo da página
 
Quinta, 14 Junho 2018 19:00

Governo e setores produtivos debatem sustentabilidade

Gilberto Soares/MMA
Pieratti: diretrizes para a produção

Ciclo de vida dos produtos, mudança nos padrões de consumo e educação ambiental estiveram entre os temas em discussão.


Brasília (14/06/2018) – A secretária de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Rejane Pieratti, participou nesta quinta-feira, na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em Brasília, da primeira reunião de 2018 do Fórum sobre Produção e Consumo Sustentáveis.

O fórum é resultado de acordo de cooperação técnica entre os ministérios do Meio Ambiente (MMA), da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e CNI e tem o objetivo de consolidar a agenda ambiental junto aos diversos setores produtivos da indústria brasileira.

A secretária focou sua intervenção no Plano Nacional de Produção e Consumo Sustentáveis (PPCS). Lançado pelo MMA em novembro de 2011, o plano traz um conjunto de diretrizes para o governo, o setor produtivo e a sociedade no sentido de adequar o Brasil a padrões mais sustentáveis de produção e consumo.

"É preciso analisar o ciclo de vida dos produtos, do berço ao berço, ou seja, como esse produto, após o consumo, pode voltar para a indústria, garantindo o seu reaproveitamento", defendeu Pieratti, ao lembrar que o PPCS acaba de entrar no seu segundo ciclo.

CICLOS

De acordo com o relatório do primeiro ciclo, o PPCS baseou-se, de 2011 a 2014, na busca de adesões voluntárias ao plano, tanto do setor público como do setor privado, e na demonstração por meio de exemplos de medidas voltadas a promover mudanças nos padrões de produção e consumo.

As ações, segundo a secretária, foram centradas em medidas relativas ao consumo, como educação para o consumo sustentável, varejo e consumo sustentável, aumento da reciclagem, contas públicas sustentáveis e Agenda Ambiental na Administração Pública - A3P.

Além disso, procurou-se identificar e fortalecer iniciativas já existentes e melhores práticas, tanto no âmbito governamental como no privado, assim como fora do contexto do plano, como os programas de eficiência energética e de coleta e destinação de embalagens de agrotóxicos e o projeto Esplanada Sustentável, que monitora o consumo de energia elétrica e de água dos órgãos e entidades da administração pública.

No ano passado, disse a secretária, o documento do segundo ciclo do PPCS foi elaborado por meio de processo conduzido pelo Departamento de Desenvolvimento, Produção e Consumo Sustentáveis do MMA e traz desafios mais ousados, com base em dez eixos - compras, finanças, indústria, construção, varejo, agricultura e consumo sustentáveis, A3P, gestão de resíduos sólidos e relatos corporativos de sustentabilidade.

Por fim, ela convidou os representantes da indústria presentes ao fórum a participar, nos próximos dias 4 e 5 de julho, na sede da Agência Nacional de Águas (ANA), da segunda reunião anual do Comitê Gestor Nacional de Produção e Consumo Sustentável, que discutirá medidas para avançar na implementação da segunda fase do PPCS.

 

Por: Ascom MMA


Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA)
(61) 2028-1227/ 1311/ 1437
imprensa@mma.gov.br

 

 



Fim do conteúdo da página